Possível sinal de vida em Marte? NASA faz descoberta intrigante

Imagem
Desde seu pouso em Marte, o  jipe-sonda Curiosity  da NASA vem acumulando novas descobertas interessantes. Mas sua descoberta mais nova pode acabar sendo o santo graal das descobertas planetárias. O jipe-sonda Curiosity da NASA perfurou um buraco na Cratera Gale de Marte, e o pó desse buraco estava enriquecido em carbono-12. NASA/Caltech-JPL/MSSS. O robô do tamanho de um carro detectou recentemente uma assinatura de carbono em amostras de rochas da superfície de Marte. Essa mesma assinatura está associada a processos biológicos na Terra e pode indicar que há alguma forma de vida no Planeta Vermelho. Mas antes de chamar isso de assinatura da vida, os cientistas estão tentando entender o que mais pode estar por trás do carbono em Marte. Evidências crescentes sugerem que Marte pode ter sido habitável em algum momento de seu passado, com água em sua superfície e temperaturas mais quentes. Os resultados foram detalhados em  um estudo  publicado terça-feira no   Proceedings of the National A

Analistas do Bank Of America: “50% de chance de que vivemos na Matrix”

A probabilidade de que nosso mundo seja uma realidade virtual do tipo Matrix é de 20% a 50%, afirmam analistas do Bank of America. Mesmo que nosso mundo fosse uma ilusão, nunca descobriríamos, eles escrevem em seu relatório. 

             Roteiro Matrix

Bank of America Merrill Lynch apoiou as afirmações com citações de importantes filósofos, cientistas e outros pensadores.

O relatório menciona:

“É concebível que, com os avanços em inteligência artificial, realidade virtual e poder de computação, membros de civilizações futuras tenham decidido fazer uma simulação de seus ancestrais.”

Os analistas se inspiram no fundador da SpaceX, Elon Musk, que acredita que as chances são de que o mundo seja parte de uma inteligência artificial criada por uma civilização futura.

Também é feita referência ao trabalho de um professor da Universidade de Oxford. Em 2003, Nick Bostrom concluiu que provavelmente vivemos em uma simulação.

No século XVI, filósofos como Descartes sugeriram que não podemos confiar em nossos sentidos. Muitos cientistas, filósofos e líderes empresariais acreditam que as chances de pessoas já simularem o mundo virtual dentro de uma vida de computador é de 20 a 50 por cento, explicaram analistas.

Em abril de 2016, pesquisadores se reuniram no Museu Americano de História Natural para falar sobre isso. Já estamos próximos das simulações 3D foto-realistas onde milhões de pessoas participarão simultaneamente.

No filme Matrix de 1999 as pessoas vivem em uma realidade simulada criada por máquinas para escravizar a população.

(Fonte)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reptiliano na TV nacional? A "transformação" ao vivo de um general

O Denunciante Phil Schneider É Encontrado Morto Após Revelar A Agenda Alienígena