Possível sinal de vida em Marte? NASA faz descoberta intrigante

Imagem
Desde seu pouso em Marte, o  jipe-sonda Curiosity  da NASA vem acumulando novas descobertas interessantes. Mas sua descoberta mais nova pode acabar sendo o santo graal das descobertas planetárias. O jipe-sonda Curiosity da NASA perfurou um buraco na Cratera Gale de Marte, e o pó desse buraco estava enriquecido em carbono-12. NASA/Caltech-JPL/MSSS. O robô do tamanho de um carro detectou recentemente uma assinatura de carbono em amostras de rochas da superfície de Marte. Essa mesma assinatura está associada a processos biológicos na Terra e pode indicar que há alguma forma de vida no Planeta Vermelho. Mas antes de chamar isso de assinatura da vida, os cientistas estão tentando entender o que mais pode estar por trás do carbono em Marte. Evidências crescentes sugerem que Marte pode ter sido habitável em algum momento de seu passado, com água em sua superfície e temperaturas mais quentes. Os resultados foram detalhados em  um estudo  publicado terça-feira no   Proceedings of the National A

Metrópole Anunnaki? Com mais de 200 mil anos foi descoberta na África e reescreve a História?

Metrópole Anunnaki com mais de 200 mil anos foi descoberta na África e reescreve a História


Algo incrível foi descoberto em uma das regiões da África do Sul. São os restos de uma grande metrópole, cuja área, para padrões modestos, é de cerca de 1.500 quilômetros quadrados.

Eles sempre estiveram lá, as pessoas os notaram antes, mas ninguém conseguia se lembrar quem os fez e por quê. Até recentemente, ninguém sabia quantos eram, agora estão por toda parte, são milhares; não, centenas de milhares! 

A história que contam é a história mais importante da humanidade, mas que eles não querem ouvir.

A metrópole Anunnaki faz parte de uma comunidade ainda maior de quase 10.000 quilômetros quadrados e parece ter sido construída entre 160.000 e 200.000 aC!

Isso mudou quando o explorador e escritor Michael Tellinger se juntou a Johan Heine, um bombeiro e piloto local que sobrevoou a região durante anos, observando as ruínas. Heine tinha uma vantagem única: ele viu o número e o alcance dessas estranhas fundações de pedra e sabia sua importância.

Michael Tellinger disse:

Quando Johan me apresentou às antigas ruínas de pedra no sul da África, eu não tinha ideia das incríveis descobertas feitas em um ou dois anos, as fotografias, artefatos e evidências que, sem dúvida, se acumularam por uma civilização perdida e nunca vista que antecedeu todas as outras, não por várias centenas de anos, não por vários milhares de anos, por muitos milhares de anos. E essas descobertas são tão surpreendentes que não são facilmente digeridas pela atual fraternidade histórica. Isso exigirá uma mudança completa de paradigma em como vemos nossa história humana.

 

A área metropolitana de Anunnaki é importante devido à incrível quantidade de depósitos de ouro


Nas palavras de Michael Tellinger:

Milhares de antigas minas de ouro descobertas nos últimos 500 anos apontam para uma civilização perdida que viveu e extraiu ouro nesta parte do mundo por milhares de anos. E se este é realmente o berço da humanidade, talvez estejamos observando as atividades da civilização mais antiga da Terra.

Este local fica a cerca de 150 km de um excelente porto onde o comércio marítimo poderia ajudar a sustentar uma população tão grande, mas lembre-se de que estamos falando de uma metrópole há quase 200.000 anos.

Coordenadas da metrópole nos mapas do Google


Algumas ruínas da metrópole, principalmente círculos de pedra, foram enterradas na areia e são visíveis apenas de um satélite ou de um avião. Alguns foram erodidos pelo derretimento de areia, expondo paredes e fundações.

Quando os exploradores encontraram essas ruínas pela primeira vez, presumiu-se que elas foram construídas por tribos nômades, como o povo Bantu, à medida que se moviam para o sul e povoavam a terra ao longo do século XIII. 

No início da história, não havia registro de qualquer civilização capaz de construir uma comunidade maior e populosa. Pouco esforço foi feito para explorar o local porque o tamanho das ruínas não era totalmente conhecido.

Nos últimos 20 anos, pessoas como Kirill Gromnik, Richard Wade, Johan Heine e outros descobriram que essas estruturas de pedra não são o que parecem. Na verdade, acredita-se agora que a idade das ruínas de antigos templos e observatórios astronômicos de uma civilização desaparecida é de centenas de milhares de anos.

As ruínas circulares estendem-se por uma grande área e só podem ser verdadeiramente apreciadas do ar ou com a ajuda de imagens de satélite modernas. Muitos deles estão quase completamente destruídos ou cobertos com solo devido à agricultura e às mudanças climáticas. Alguns deles sobreviveram muito bem, demonstrando grandes dimensões: as paredes originais em alguns pontos chegam a quase 1,5 metro de altura e mais de um metro de largura.

Ruínas da metrópole Anunnaki
Ruínas da metrópole Anunnaki ?

Quanto à cidade inteira, ou metrópole, é óbvio que se tratava de uma comunidade bem planejada, criada por uma civilização altamente desenvolvida. O número de antigas minas de ouro sugere por que a comunidade escolheu este local. 

Foram encontradas estradas, algumas das quais se estendem por centenas de quilômetros, conectando assentamentos e agricultura em terraços, muito semelhantes às encontradas em assentamentos incas no Peru. Mas a resposta à pergunta não foi encontrada: como isso poderia ter sido alcançado pelos humanos 200.000 anos atrás?

Quando a ciência está em silêncio

A explicação para esse mistério ainda pode ser encontrada, porém, não entre os postulados científicos oficiais, mas entre outros. A teoria dos antigos astronautas, Zecharia Sitchin, que fala dos Anunnaki e seu “trabalho de mineração” na Terra, aponta para uma possível explicação para esta antiga metrópole. 

Esta é a teoria de Sitchin, que fala do tempo e da civilização que existiam na Terra muito antes de todas as oficialmente reconhecidas, como egípcia, suméria e assim por diante. De acordo com a versão geralmente aceita da história humana, a primeira civilização na Terra foi a Suméria, que apareceu no sul da Mesopotâmia em 5000 aC. 

De acordo com a teoria de Sitchin sobre os astronautas antigos, a história da Terra começa com a chegada dos Anunnaki em nosso planeta, aproximadamente 450.000 aC. 

Zecharia também afirma que os Anunnaki vieram à Terra em busca de ouro, de que precisavam para “restaurar” a atmosfera em seu planeta natal - Nibiru. Longas e difíceis guerras em Nibiru danificaram a atmosfera, o que começou a ameaçar suas vidas.

(fonte)

VISITE NOSSAS PÁGINAS  E REDES SOCIAIS ACESSE O LINK:

https://linktr.ee/fronteiraX

VISITE NOSSO CANAL NO YOUTUBE:

https://www.youtube.com/channel/UCxv4QmG_elAo7eiKJAOW7Jg

Comentários

  1. ☝️🙄Será quê estes círculos de um metro e meio,🖖👽 seriam tipo, bancos pra sentar?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

CONTE-NOS SEU RELATO!

Postagens mais visitadas deste blog

Reptiliano na TV nacional? A "transformação" ao vivo de um general

O Denunciante Phil Schneider É Encontrado Morto Após Revelar A Agenda Alienígena