Possível sinal de vida em Marte? NASA faz descoberta intrigante

Imagem
Desde seu pouso em Marte, o  jipe-sonda Curiosity  da NASA vem acumulando novas descobertas interessantes. Mas sua descoberta mais nova pode acabar sendo o santo graal das descobertas planetárias. O jipe-sonda Curiosity da NASA perfurou um buraco na Cratera Gale de Marte, e o pó desse buraco estava enriquecido em carbono-12. NASA/Caltech-JPL/MSSS. O robô do tamanho de um carro detectou recentemente uma assinatura de carbono em amostras de rochas da superfície de Marte. Essa mesma assinatura está associada a processos biológicos na Terra e pode indicar que há alguma forma de vida no Planeta Vermelho. Mas antes de chamar isso de assinatura da vida, os cientistas estão tentando entender o que mais pode estar por trás do carbono em Marte. Evidências crescentes sugerem que Marte pode ter sido habitável em algum momento de seu passado, com água em sua superfície e temperaturas mais quentes. Os resultados foram detalhados em  um estudo  publicado terça-feira no   Proceedings of the National A

VIAJANTE DO TEMPO “Time Traveler” de 5.000 falou sobre as cidades inundadas do futuro, mostrando uma foto

Nos Estados Unidos, um homem que afirma ter viajado no tempo falou sobre a catástrofe global do futuro.“Time Traveler” de 5.000 falou sobre as cidades inundadas do futuro, mostrando uma foto

De acordo com oThe Sun, o homem se autodenominava Edward, mas não queria mostrar o rosto. A NASA negou sua história.

Segundo ele, ele visitou Los Angeles em 5000 e mostrou uma fotografia que mostrava a cidade inundada.

Edward afirmou que fazia parte de um experimento ultrassecreto conduzido em Los Angeles em 2004 pelo laboratório em que ele trabalhava.

Ele disse que depois de dar um passo 2.000 anos à frente, ele se viu em uma grande plataforma de madeira, todos os prédios ao redor também eram de madeira.

Só depois de um tempo ele percebeu que estava em Los Angeles e que a cidade estava inundada.

Ele conseguiu conversar com os moradores da cidade, que explicaram que a aeronave ficou submersa devido ao degelo das geleiras.

Quando a publicação pediu aos cientistas da NASA que comentassem o incidente, eles ficaram céticos sobre a notícia.

Eles ressaltaram que, apesar das velocidades diferentes com que os satélites e os aviões se movem, que diferem das velocidades terrestres, o aparelho - uma máquina do tempo - não existe. E essas viagens são impossíveis.

GALERA AJUDA O BLOG COM UM PIX QUAL QUER VALOR É BEM VINDO (0,50.1 REAL, 2 REAIS ,3 REAIS ,5 REAIS... )

                              (65992639338)

                             OU 

 

https://www.youtube.com/channel/UCxv4QmG_elAo7eiKJAOW7Jg

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reptiliano na TV nacional? A "transformação" ao vivo de um general

O Denunciante Phil Schneider É Encontrado Morto Após Revelar A Agenda Alienígena