Postagens

Mostrando postagens que correspondem à pesquisa por Kathleen Hicks

Possível sinal de vida em Marte? NASA faz descoberta intrigante

Imagem
Desde seu pouso em Marte, o  jipe-sonda Curiosity  da NASA vem acumulando novas descobertas interessantes. Mas sua descoberta mais nova pode acabar sendo o santo graal das descobertas planetárias. O jipe-sonda Curiosity da NASA perfurou um buraco na Cratera Gale de Marte, e o pó desse buraco estava enriquecido em carbono-12. NASA/Caltech-JPL/MSSS. O robô do tamanho de um carro detectou recentemente uma assinatura de carbono em amostras de rochas da superfície de Marte. Essa mesma assinatura está associada a processos biológicos na Terra e pode indicar que há alguma forma de vida no Planeta Vermelho. Mas antes de chamar isso de assinatura da vida, os cientistas estão tentando entender o que mais pode estar por trás do carbono em Marte. Evidências crescentes sugerem que Marte pode ter sido habitável em algum momento de seu passado, com água em sua superfície e temperaturas mais quentes. Os resultados foram detalhados em  um estudo  publicado terça-feira no   Proceedings of the National A

Cercado, por todos os lados o Pentágono perderá sua batalha de OVNIs

Imagem
 Na semana passada, o Departamento de Defesa (DoD)  decidiu estabelecer um novo Escritório/ Grupo   para substituir a Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados da Marinha dos EUA (de sigla em inglês, UAPTF). O Escritório é denominado Grupo de Gerenciamento de Identificação e Sincronização de Objetos Aerotransportados (de sigla em inglês, AOIMSG) – sigla não exatamente fácil de lembrar. Dica – isto é de propósito. A ação do Departamento de Defesa (DoD) veio com o apoio de dois membros seniores da administração, Avril Haines (Diretora de Inteligência Nacional) e Kathleen Hicks (Secretária Adjunta de Defesa). Não cheira muito bem. O DoD pode gritar que estava simplesmente respondendo à Avaliação Preliminar da UAPTF de junho e ao memorando subsequente de Hicks. Mas fez isso com o pleno conhecimento de que a emenda Gillibrand-Rubio do Senado (ao  NDAA 2022 ) era uma versão muito superior do AOIMSG. Além disso, a versão do Senado inclui transparência pública e do Congresso e a inclu

Pentágono lança ataque preventivo à lei de OVNIs do Senado

Imagem
Adotando o mantra de Sun Tzu de que “os guerreiros vitoriosos vencem primeiro e depois vão para a guerra”, o Departamento de Defesa lançou um ataque preventivo contra Congresso dos Estados Unidos. Especificamente, um ataque contra os esforços do Congresso para aumentar a pesquisa governamental de OVNIs (o que o governo chama de “Fenômenos Aéreos Não Identificados”). Na terça-feira, a vice-secretária de Defesa Kathleen Hicks anunciou a   formação de um grupo   para liderar as investigações de OVNIs do governo. Atestando a afinidade do Pentágono com siglas absurdas, o grupo será chamado de “AOIMSG”. O A irborne Object Identification and Management Synchronization Group   (Grupo de Identificação e Sincronização de Gerenciamento de Objetos Aerotransportados) será supervisionado pelo AOIMEXEC, ou o   Airborne Object Identification and Management Executive Council   (Conselho Executivo de Identificação e Gerenciamento de Objetos Aerotransportados). A missão do AOIMSG: “ Sincronizar esforços

Perigo dos OVNIs lembra Pearl Harbor e 11 de setembro, afirma ex-Vice Secretário de Defesa dos EUA

Imagem
Em um artigo recente publicado em  seu site , ex-vice-secretário assistente de Defesa para Inteligência (EUA),  Christopher Mellon  descreveu a situação de segurança em relação a aeronaves não identificadas operando sobre o espaço aéreo restrito militar dos EUA como uma falha de tirar o fôlego. O artigo, intitulado “ Suggestions for Congress on the UAP Issue ” (“Sugestões para o Congresso sobre a questão UAP (OVNI)”) foi escrito após o lançamento de junho de um relatório do governo dos EUA detalhando incidentes recentes envolvendo o Fenômeno Aéreo Não Identificado (de sigla em inglês, UAP) e recursos militares dos EUA. O relatório só conseguiu identificar um objeto dos 144 casos investigados. O relatório afirmou que alguns UAPs “ pareceram exibir características de voo incomuns “. Após a divulgação do relatório, a vice-secretária de Defesa Kathleen Hicks imediatamente  instruiu o subsecretária de Defesa  para Inteligência e Segurança a desenvolver um plano para formalizar a missão a

Nova diretiva oficial formaliza o estudo dos OVNIs nos EUA

Imagem
Depois que o  documento preliminar do Relatório OVNI  foi divulgado na sexta-feira ao Congresso, a vice-secretária de Defesa, Kathleen Hicks, assinou um novo memorando ordenando o desenvolvimento de um plano para formalizar a missão atualmente realizada pela  UAPTF   ( Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos não identificados). No documento de uma página postado no site do Departamento de Defesa no final da tarde de sexta-feira (25), Hicks apresenta três componentes principais: Estabelecer procedimentos para sincronizar a coleta, relatórios e análises do conjunto de problemas UAP, e estabelecer recomendações para garantir treinamento militar e espaços de teste. Identificar os requisitos para o estabelecimento e operação da nova atividade, de forma a incluir o alinhamento organizacional, recursos e pessoal necessários, bem como as autoridades necessárias e um cronograma de implementação. Ser desenvolvido em coordenação com os Auxiliares do Estado-Maior General, o Chefe do Estado-Maior Conjunto

Luis Elizondo não confia na nova Força-Tarefa de OVNIs

Imagem
O governo dos EUA montou uma nova “força-tarefa de OVNIs” para descobrir a verdade sobre a potencial vida extraterrestre que pode estar nos visitando. Mas será que teremos resultados positivos desta iniciativa? Luis Elizondo acha duvidoso. Mas antes de entrarmos no âmago da questão, vamos relembrar brevemente porque esta nova Força-Tarefa está sendo criada. Aparentemente, ela foi criada na sequência de uma carta enviada à “Liderança do Pentágono” pela secretária adjunta   Kathleen Hicks , que explicava a necessidade de tal equipe após a apresentação de   um relatório sobre o assunto  do Escritório do Diretor de Inteligência Nacional (de sigla em inglês, ODNI). Isto tudo deu sequência à uma série de “discursos” pelos políticos sobre a necessidade de um estudo mais apurado a respeito do fenômeno OVNI. E agora, para mostrar que realmente se importam, os militares dos EUA montaram este novo esquema. Porém,  Luis Elizondo , que diz ter gerenciado o Programa Avançado de Identificação Ameaças